Tentações de Santo Antonio Abade (do Altar de Isenheim)

Na densa iconografia quinhentista das tentações de Santo Antonio Abade, esta aba lateral do Altar de Isenheim de Grünewald representa, ao lado das diversas figurações do mesmo tema por Hierônimus Bosch (Museus de Lisboa e de São Paulo, Prado e Louvre), um verdadeiro ápice, notadamente na riqueza de imaginação das entidades demoníacas.

Bibliografia
G. Testori, P. Bianconi, L`Opera completa di … Continue lendo...

Tentações de Santo Antonio Abade

Jacques Callot (1592-1635) gravou duas vezes uma cena da
“Tentação de Santo Antônio Abade”, a partir de composições
diferentes. A primeira data de sua estada em Florença, em
1616-1617. Esta segunda foi executada em Nancy em 1635 e
dedicada ao duque de la Vrillière.

Trata-se, como bem a definiu Daniel Ternois de uma:

diablerie où les élements flamands et germaniques Continue lendo...

Tentações de Santo Antonio Abade

“O quadro é atribuído a um seguidor anônimo de Pieter Bruegel. Hoje não mais localizável, ele se encontrava no século XIX no Palazzo Balbi de Gênova (hoje sede da Università di Genova), e em 1845 impressiona profundamente Flaubert, que anota em seu diário de viagem à Itália (Voyages en Italie et en Suisse. Abril-maio de 1845):

Palais Balbi, à Gênes. Continue lendo...

Tentação de Eva

Sobre um fundo negro e abstrato, a composição articula quatro elementos: Eva, a Morte (com um de seus pés em casco fendido, atributo do demônio), a árvore do Bem e do Mal (ou da Vida e da Morte) e a serpente, que entrelaça em seu movimento circular estes três elementos.

O quadro distancia-se do tratamento normal do tema do Gênese … Continue lendo...

Sibila

O registro mediano da decoração deste púlpito, obra-prima de Giovanni Pisano (1250c.-1314), é inteiramente dedicado ao tema da profecia, com seis Sibilas e dez profetas (dentre os quais, Davi e Salomão, coroados).

Uma das mais dramáticas esculturas do púlpito e verdadeira profetisa das Sibilas da Capela Sistina, esta Sibila, anônima, foi decerto um modelo para a Virgem do Tondo Pitti* … Continue lendo...

Sepultamento de Cristo

Registro inventarial: NG 790

O sepultamento do Cristo é narrado nos quatro Evangelhos,
mas apenas João (19,38) refere-se às personagens que dele
participam:

“Depois, José de Arimateia, que era discípulo de Jesus, mas
secretamente, por medo dos judeus, pediu a Pilatos que lhe
permitisse retirar o corpo de Jesus. Pilatos o permitiu.
Vieram, então, e retiraram o corpo. Nicodemos, aquele … Continue lendo...

Separação das Ovelhas e dos Cabritos. Juízo Final

Registro inventarial: Sig. Cim. 15 (Cod. ms. 24)

Esta iluminura do Saltério de Würzburg-Ebrach (fol. 204r)
ilustra a Salmo dos Mortos com uma representação do Juízo
Final.

O Cristo pantocrator, coroado e com os estigmas,
senta-se sobre um trono de mármore policrômico e acolhe com
a mão direita os eleitos, dois deles com cabeças de ovelhas,
alusivas à parábola … Continue lendo...

Separação das Ovelhas e dos Cabritos (detalhe do Sarcófago Stroganoff)

(conclusão do comentário à imagem principal do Sarcófago
Stroganoff)

Por outro lado, a onipresença da figura do Cristo como Bom
Pastor na iconografia primitiva do Cristo remonta a Ezequiel
34, 11-23 e baseia-se obviamente, no que se refere ao Novo
Testamento, na famosa parábola do ladrão e do pastor (João
10, 1-18).

Mas ela é igualmente reforçada por sua contaminação … Continue lendo...

Separação das Ovelhas e dos Cabritos

Entre os treze painéis em mosaico sobre fundo ouro, de idade
teodoriciana (493-526) e de temática evangélica, que se
estendem ao longo do registro mais alto da parede esquerda
da nave de Sant´Apollinare Nuovo em Ravenna (outros treze
painéis se sucedem sobre a parede direita), conta-se esta
cena da Separação das Ovelhas e dos Cabritos.

Trajando um peplum de púrpura … Continue lendo...