Na Cisterna

“Na Cisterna”, do pintor português Antonio Carvalho
da Silva Porto (1850-1893), foi exposto na 1ª Exposição do
Grêmio Artístico de Lisboa, em 1891, com o título “O Poço
Velho (Odivelas)”.

É uma obra da fase final da carreira do artista, em que ele
apresenta maior afinidade com os temas narrativos. Na
composição está registrado um momento do cotidiano da vida … Continue lendo...

Autorretrato como soldado (verso)

Trata-se do verso do “Autorretrato como soldado”:

veja: http://www.mare.art.br/detalhe.asp?idobra=3522

Aqui, a figura se recentra, mas também se apequena, como na
iminência de se fundir no ameaçador fundo negro em que
parece projetada a fantasmagórica sombra de sua cabeça.

O ouro e o vermelho do elmo e do uniforme sobrepõem-se à
fisionomia, desfigurada e imersa em uma obscuridade tingida
de reflexos … Continue lendo...

Autorretrato como soldado (frente)

A obra é assinada e datada: “Dix 14”.

A cabeça projeta-se para o lado em um espaço rasgado pela
violência das cores. O crânio calvo, os traços negroides, a
musculatura hercúlea do pescoço, mas sobretudo o olhar
ameaçador de animal acuado, tudo concorre para fazer desse
autorretrato a obra-prima de Dix como senhor da guerra.

Acima de todos os artistas … Continue lendo...