Página de posts

Virgem da Humildade (Madonna Contini Bonacossi)

“Registro inventarial: inv. 9922

Quando apresentada na Christie´s de Londres em 1930, a obra foi atribuída por Roberto Longhi a Masolino da Panicale (1383c.-1447c.) e adquirida por Alessandro Contini Bonacossi segundo aconselhamento de Longhi, vindo a entrar nos Uffizi em 1954 após ser adquirida por Herman Goering em 1942. Ela
apresenta repinturas sobretudo nas áreas de junção das pranchas do … Continue lendo...

Virgem com o Menino, quatro nus masculinos, S. João Batista e dois Profetas

Registro inventarial: inv. 1890, n. 502

A obra é também conhecida como a Virgem Medici, pois na Vida de Luca Signorelli (1445-1523), Giorgio Vasari afirma ter sido encomendada por Lorenzo de´ Medici, juntamente com o Pan, outrora em Berlim e considerado destruído durante a Segunda Grande Guerra:

Da Siena venuto a Firenze così per vedere l´opere di quei maestri Continue lendo...

Victor Noir

O monumento funerário a Victor Noir existente no Cemitério Père Lachaise, em Paris, traz uma representação em tamanho natural do jovem jornalista liberal do periódico Marseillaise, editado por Henri Rochefort.

Yvan Salmon, chamado Victor Noir (1848-1870), foi morto a sangue frio pelo primo de Napoleão III, Príncipe Pierre Bonaparte, em 10 de janeiro de 1870. A indignação que seu … Continue lendo...

Victor Hugo no Rochedo dos Proscritos

O escritor Victor Hugo apostou desde cedo nas múltiplas potencialidades da fotografia e em sua utilização no campo editorial. Durante o exílio em Jersey, encorajou seus filhos, Charles e François-Victor, e um de seus discípulos, Auguste Vacquerie, a abrirem um ateliê de daguerreótipo em sua casa, Marine Terrace, que posteriormente passou a ser um ateliê de fotografia em papel. Ele … Continue lendo...

Victor Hugo no leito de morte

Chamado pela família de Victor Hugo para fotografá-lo no leito de morte, Félix Nadar executa também alguns croquis, entre os quais este, no qual se percebe uma figura sentada (Paul Nadar?), rebatendo com um espelho a fonte luminosa, e também o pano de fundo preto estendido atrás do leito, indispensável para a obtenção de contraste da silhueta e dos efeitos … Continue lendo...

Victor Hugo no leito de morte

“Victor Hugo morre em Paris em 22 de maio de 1885. A família
chama diversos artistas, entre os quais Félix Nadar, Léon
Bonnat, Etienne Carjat (1828-1906) e Georges Clairin (1843-
1919), para fixar o último aspecto do escritor e a cena de
sua morte, na tradição do gênero pictórico da morte heróica
(ou íntima) do artista, iniciada no século XVIII. … Continue lendo...

Venus Genitrix

Genetrix ou Genitrix, geradora, é epíteto não apenas de Vênus, divindade itálica assimilada desde o século II a.C. a Afrodite. Virgílio, En 2,788 chama Cibele magna deum genitrix (magna mãe dos deuses) e Ovídio, Met 5,490 chama Ceres genetrix frugum, mãe das colheitas.

No segundo dos Hymni naturales (1497) de Michele Marullo, Hino à Vênus, esta é nomeada Sancta Continue lendo...

Venus felix

Registro inventarial: PN 23; inv. 936

A estátua porta uma inscrição na base: Veneri Felici…
Sacrum/ Sallustia… Helpidus D.D.
, alusiva aos
doadores, Sallustia e Helpidus.

Exumada em momento e local incerto, talvez nos arredores de
S. Croce in Gerusalemme, e instalada no Cortile das estátuas
já em 1509, ao lado do Laocoonte e do Apolo do Belvedere, a
Venus Continue lendo...

Vênus e Cupido que rouba mel

Uma inscrição latina que se lê no canto superior direito do quadro reporta um passo de um idílio de Teócrito (315c.-250c. a.C.), que pode ser assim traduzido:

“Uma abelha picou o dedo de Cupido, ocupado em roubar mel no oco de uma árvore. É assim que o prazer breve e passageiro que buscamos vale-nos tristeza e dor”.

O poeta relata, … Continue lendo...

Vênus e Cupido

Registro inventarial: inv. Sculture 1914

Essa pequena escultura preciosa, assinada em grego pelo
escultor, gravurista e ourives Pier Maria Serbaldi da
Pescia, il Tagliacarne (1455c.-1520c.), parece nascer da
emulação com a estatuária antiga, e em particular com a
Venus felix. Como outros artistas da segunda metade do
século XV, entre os quais Pietro di Neri Razzanti, Giovanni
delle Corniole (1470-1516) … Continue lendo...